Questões de Concurso

Com a mudança de foco do site, foi alterador o serviço de hospedagem. Na migração dos posts de questão, pode ter acontecido algum problema, o principal que identifiquei foi a ordem das questões, que não estão mais seguindo a ordem das provas.

Tentarei aos poucos ir ajeitando isso. Mas todas as questões estão disponíveis, nenhuma foi deletada.

Questão 59 e 60 – BR Distribuidora

Considere as informações dos Balanços Patrimoniais e a Demonstração de Resultados da Empresa XisY publicados em 31 de março de 2011, em milhares de reais, para responder às questões de nos 59, 60 e 61. Balanço Patrimonial da Empresa XisY em 31 de dezembro de 2009 e 2010


59 Sabendo-se que 20% de todas as vendas são realizadas à vista e as demais a prazo, qual o ciclo operacional (aproximado), em dias, da empresa XisY? (A) 70 (B) 81 (C) 90 (D) 101 (E) 111

60 Qual é, aproximadamente, o ciclo de caixa da empresa XisY, em dias? (A) 38 (B) 42 (C) 48 (D) 52 (E) 56

Essa questão chegou através de várias pessoas desde que a prova saiu, então decidi colocá-la logo no blog, para consulta de todos. Esse tipo de questão de análise de balanço tem sido bem recorrente na CESGRANRIO, caso seja seu foco é bom dar uma boa atenção a elas.

[learn_more caption=”43 e 44 – Petrobras 2012″] Considere as informações do BALANÇO PATRIMONIAL e do DEMONSTRATIVO DE RESULTADOS da empresa X apresentados abaixo para responder às questões de nos 43 e 44.


(A) 2,10 (B) 2,05 (C) 1,95 (D) 1,90 (E) 1.85

44 O Prazo Médio de Recebimento, que é utilizado para análise das políticas de crédito e de cobrança, e o Giro de Ativo, que mede a eficiência com a qual a empresa usa seus ativos para gerar vendas, são indicadores financeiros para as empresas e investidores. Para a empresa X, o Prazo Médio de Recebimento e o Giro de Ativo são, aproximadamente

(A) 48 dias e 1,20 (B) 48 dias e 0,95 (C) 50 dias e 1,20 (D) 50 dias e 0.95 (E) 50 dias e 0,85

COMENTÁRIO

Vamos lá, a 43 fala de liquidez. A liquidez de uma empresa é a capacidade de pagamento dessa empresa. O índice de liquidez pode ser lido como quantos reais a empresa tem para cada real de dívida circulante (no curto prazo). Por exemplo, caso a índice seja igual a R$ 3,00, quer dizer que para cada real de dívida no curto prazo, a empresa tem 3 para pagar.

Mas esse índice de liquidez pode ser analisado em vários aspectos, em vários prismas, de acordo com o prazo. Existem os índices de:

-Liquidez corrente: AtivoCirculante/PassivoCirculante (Para cada real que tenho de dívida no curto prazo tenho X no ativo de curto prazo)

– Liquidez seca: (AtivoCirculalante – Estoques – DespesaAntecipada)/PassivoCirculante  (Para cada real que tenho de dívida no curto prazo tenho X em ativos de mais fácil liquidez, como caixas e títulos de resgate imediato)

-Liquidez Imediata: Disponíveis/Passivo Circulante  (Para cada real que tenho de dívida no curto prazo tenho X para saldar imediatamente)

– Liquidez Geral: (AtivoCirculante + RealizávelLongoPrazo)/(PassivoCirculante + ExigívelLongoPrazo)  (Para cada real que tenho de dívida total tenho X no ativo total para quitar)

Dito isso, fica fácil saber que a questão pede o os ativos no curto prazo, pois ele quer o “Índice de Liquidez no Curto Prazo”. Vamos olhar para o balanço e classificar as contas como ativo de curto ou longo prazo e fazer o mesmo com o passivo. (Usei passivo e ativo de curto prazo, mas você pode chamá-lo também de circulante, ok?)


Dito isso, vamos ao índice que seria simplesmente = ativo no curto prazo/passivo no curto prazo.

Ativo Circulante = 1.270 Passivo Circulante =  669

Índice de Liquidez = 1270/669 = 1,8983 = 1,90 (RESPOSTA LETRA D)

Indo agora para a 44, temos os indicadores de atividade de uma empresa. Isso mensura a duração de diversas operações de um ciclo operacional da empresa. (clique aqui para saber mais)

– Prazo médio de Estocagem: (EstoqueMédio/CustoProdutoVendido)x360 – Prazo médio de Recebimento: (ValoresReceberMédio/ReceitaDeVendasAPrazo) x 360 – Prazo médio de Pagamento: (ContasAPagarMédio/ComprasAnuaisAPrazo)x360

Para fazer os giros de estoque, recebimento é só colocar o 360 sobre o prazo médio. Alguns autores (como Ross) fazem umas fórmulas como variações dessa. Mas acreditem, indo pela fórmula do Ross ou do Assaf Neto (a que coloquei em cima) você terá o mesmo resultado. Gosto de colocar a do Assaf por ser mais direta, a do Ross tem algumas voltas a mais. Um pouco mais complicada para quem não gosta de fórmulas. (estou usando 360 pois é o ano padrão da contabilidade, caso a questão faça uma observação dizendo que o ano tem 365 dias, substitua tudo por 365) 

O giro do ativo, indicador muito utilizado, tem uma fórmula diferente.

Giro do Ativo = Vendas/AtivoTotalLíquido.

Vamos agora, aproveitando já a classificação feita lá em cima, resolver essas questões.

Prazo Médio de Recebimento: O valores a receber médio que tem na fórmula é caso se tenha mais de um ano, se tira a média deles. No caso da questão só tem um ano, usa-se apenas o valores a receber que é indicado com o nome de “Contas a receber”. Como el não nos dá o valor das vendas a prazo, usamos a receita de vendas normalmente. A receita de vendas já está na demonstração abaixo do balanço.

PMR = (530/3.950)x360 PMR = 0,1341 x 360 PMR = 48,27 = 48 Dias

GIRO DO ATIVO: O Ativo líquido é a soma de todo o ativo, lembrando que a depreciação é ativo, mas diminui o ativo. Então somamos até o “Ativo imobilizado” e tiramos a “Depreciação Acumulada”.

Ativo líquido = 4.165

Giro do ativo = 3.950/4.165

GA = 0,9483 = 0,95

43. RESPOSTA LETRA D 44. RESPOSTA LETRA B 

[/learn_more]

[learn_more caption=”27 – Transpetro 2011″] Uma empresa, considerada como a maior fabricante de componentes eletrônicos para a indústria eletroeletrônica do país, publicou, em seu último balanço, as seguintes informações:

Vendas Anuais = R$ 840.000,00 CMV = 65% das vendas Prazo Médio de Contas a Receber = 27 dias Prazo Médio dos Estoques = 30 dias Prazo Médio de Pagamento = 45 dias Patrimônio Líquido = R$ 200.000,00 Ativo Não Circulante = R$ 720.000,00 Passivo Não Circulante = R$ 940.000,00

Com base nas informações fornecidas e sabendo que o estoque inicial é igual ao estoque final, qual o ciclo de caixa da empresa?

(A) 102 (B) 57 (C) 18 (D) 15 (E) 12

Sempre ligados ao curto prazo, o ciclos  operacional e financeiro são utilizados para  medir o tempo de algumas atividades da empresa, sendo os dois mais explorados gerencialmente, apesar de existirem outros. Dentro de uma empresa, os ciclos vem com o poder de decisão sobre compra de matéria-prima, pagamento de caixa entre outros.

Como dito acima, os ciclos medem tempo, então são levados em consideração alguns prazos, como podemos ver na figura abaixo.

Esses períodos são os prazos que se tem para cada atividade, dessa figura tiramos as fórmulas:

I – Ciclo Operacional = Prazo Médio de Estoque + Prazo Médio de Cobrança (ou Recebimento).

II – Ciclo de caixa = Ciclo Operacional – Prazo médio de pagamento.

Não é difícil de se perceber que quanto menores esses ciclos, melhor para empresa, pois assim o dinheiro gira mais e os custos de mercadorias e dinheiro parados diminuem.

Indo para a questão, estava bem tranquilo se você soubesse das fórmulas.

Primeiro o Ciclo Operacional: CO = PME + PMR CO = 30 + 27 = 57

Ciclo de caixa: CC = CO – PMP CC = 57 – 45 = 12

RESPOSTA LETRA E

Essa figura eu desenhei com base na que tem no livro do Ross.


[/learn_more]

As Duas questões nas abas acima já nos dão uma boa ideia do assunto tratado na questão, agora vamos a resolução, dando as fórmulas e tudo mais.

59. Essa nos pede o Ciclo Operacional Aproximado da empresa.

Na aba da questão 27 da Transpetro, temos a seguinte fórmula:

CO = PME + PMR

E para descobrirmos o PME e o PMR, usamos as fórmulas que estão na questão na aba 43 e 44.

– Prazo médio de Estocagem: (EstoqueMédio/CustoProdutoVendido)x360 – Prazo médio de Recebimento: (ValoresReceberMédio/ReceitaDeVendasAPrazo) x 360

Então, partindo disso temos:

CO = [(EstoqueMédio/CPV)x360] + [ValoresReceberMedio/ReceitadeVendasPrazo)x360

O estoque e o valores a receber médio, tiramos do balanço somando 2009 e 2010 e dividindo por 2. Estoque Médio = (200 + 300) / 2 = 250 Valores a Receber Médio = (250 + 270) / 2 = 260 CPV tem na DRE = 2.100,00

E o valores de venda a prazo é 80% das receitas, já que no enunciado da questão diz que 20% das vendas são a vista, então temos: Receita de vendas a prazo = 80% x 2.540,00 = 2.032,00

Substituindo os dados nas fórmulas acima:

CO = [(250/2.100) x 360] + [(260/2.032) x 360] CO = 0,12 x 360 + 0,13 x 360 CO = 43,2 + 46,8 = 90

RESPOSTA LETRA C

E a 60, pede o ciclo de caixa, que na 27 da transpetro na aba acima também tem que: CC = CO – PMP

e na 43 e 44 das abas acima temos que Prazo médio de Pagamento: (ContasAPagarMédio/ComprasAnuaisAPrazo)x360

Fazendo no mesmo raciocínio da 59, temos:

Contas a Pagar médio = (250 + 300) / 2 = 275,00 Compras Anuais a Prazo = Considera-se o próprio CMV, já que ele não deu nada especificando. 2.100

CC = 90 – [(275/2100)x360] CC = 90 – [0,131 x 360] CC = 90 – 47,16 = 42,84 – Mais aproximado de 42.

RESPOSTA LETRA B

Posts recentes

Ver tudo