Buscar
  • Bruno Cavalcante

49. (CESGRANRIO – PETROBRAS– ADMINISTRADOR/2010)

Suponha um bairro nobre que esteja passando por recente crescimento habitacional e grande fluxo de veículos particulares. Nesse bairro, surgiram, recentemente, dezenas de postos de gasolina bem localizados. Todos os postos incluem lojas de conveniências e lavagem automática. Qual fator explica a rivalidade intensa entre os concorrentes desses postos?

(A) Ameaça de produtos substitutos providos por outro setor. (B) Barreiras de saída baixas pela existência de contratos. (C) Disputa por mercado consolidado e baixo potencial. (D) Concorrentes numerosos e igualmente equilibrados. (E) Custos fixos de estoque e armazenagem baixos.

COMENTÁRIO

Apesar de no enunciado da questão não mencionar diretamente a matéria, os itens se refere às 5 forças de Porter, então vamos entendê-las.

Porter nos trouxe uma teoria que falava que existiam 5 forças competitivas atuando em um mercado, que devem ser estudadas a fundo antes de se entrar em qualquer mercado. Essas 5 forças estão representadas no seguinte diagrama:


Sendo assim, temos: – Rivalidade entre concorrentes: Se analisa a agressividade dos concorrentes, o poder que eles tem dentro do mercado e a rivalidade que existe entre eles. É, mais ou menos, como pensar na rivalidade que a coca-cola tem com a pepsi. Se pararmos para pensar, é muito difícil outra marca de refrigerante entrar no âmbito global, pois essas duas empresas além de polarizarem o mercado, elas tem “pano na manga” para aguentar preços bem baixos e quebrar uma nova empresa;

– Ameaça de novos entrantes: Em alguns mercados, os investimentos necessários para uma nova empresa entrar nele são tão grandes, que acabam criando uma barreira para novos entrantes. Essa barreira pode também ser em forma de uma lei específica, ou seja, quando se está dentro de um mercado com barreiras grandes, se é favorecido, mas para entrar nesse mercado é muito difícil. Note que aqui não estamos falando dos investimentos para superar a concorrência que pode te derrubar, disse falamos na rivalidade entre concorrentes, o investimento aqui é relacionado ao maquinário e outros investimentos para uma empresa operar, independente da concorrência dentro do mercado.

– Poder de barganha de fornecedores/clientes: É o quanto o mercado depende de um só fornecedor ou um só cliente. Quanto menor o número de fornecedores/clientes, maior é o poder deles em relação às negociações com sua empresa. Quanto mais o mercado depende de um único fornecedor, ou um único cliente, mais difícil e complicado é entrar nesse mercado.

– Ameaça de produtos substitutos: Se seu produto tem um concorrente, não concorrente dentro mercado, mas sim outro tipo de produto que atenda à mesma demanda que a do seu produto. Naõ competem com a mesma força que os concorrentes primários, porém ainda assim tem uma certa pressão, pois no caso do preço do seu produto subir demais, será facilmente trocado pelo substituto.

A questão já nos foca na concorrência do mercado, dos existentes, então já eliminamos a letra A.

Barreira de saída, como diz a letra B, pode ser um fator do Porter, alguns livros citam, mas no caso do posto, com contratos tendo que ser cumpridos e, como todos existem, multas para rescisão, essas barreiras não são baixas.

Se o bairro é nobre e está crescendo, não se pode dizer que ele não tem potencial, pelo contrário, o potencial é muito bom. Letra C erradíssima.

Na D, ele nos diz que são muito concorrentes, e de fato na questão já nos diz que são dezenas e ainda nos diz que todos tem praticamente os mesmos serviços e localização, ou seja, é tudo muito competitivo, muito acirrado, bem equilibrado, como disse o ítem. Essa é a resposta correta.

Não temos como deduzir a letra E com o que a questão nos dá.

RESPOSTA LETRA D

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O desenvolvimento de carreiras de funcionários deixou de ser exclusiva responsabilidade das empresas, já que os próprios trabalhadores assumem parte desta responsabilidade. A essência de um programa d

A teoria dos dois fatores de Herzberg apresenta duas abordagens para a motivação: a dos fatores motivacionais, que se baseia em necessidades subjetivas de caráter intrínseco, e a dos fatores higiênico

A disciplina progressiva é a forma mais utilizada de procedimento disciplinar, aplicado pelo gerente, que dá ao colaborador a oportunidade para corrigir seu comportamento. As infrações podem ser catal