Questões de Concurso

Com a mudança de foco do site, foi alterador o serviço de hospedagem. Na migração dos posts de questão, pode ter acontecido algum problema, o principal que identifiquei foi a ordem das questões, que não estão mais seguindo a ordem das provas.

Tentarei aos poucos ir ajeitando isso. Mas todas as questões estão disponíveis, nenhuma foi deletada.

43. (CESGRANRIO – TRANSPETRO – ADMINISTRADOR/2011)

O diretor de logística de uma empresa de produção de bens de consumo tem a missão de colaborar na expansão do negócio. Para isso, ele está avaliando duas opções de investimento, a saber:

• Opção 1 – Expansão da fábrica na mesma localidade • Opção 2 – Transferência da fábrica para outra localidade mais próxima do mercado consumidor

O critério de decisão do diretor é o custo logístico total da operação. No auxílio à sua decisão, o diretor encomendou um estudo de localização para avaliar a opção 2. A consultoria responsável pelo estudo decidiu utilizar o método do centro de gravidade para uma única instalação. Para que o estudo de localização seja realizado e o diretor possa decidir entre apenas uma das opções de investimento (1 ou 2), utilizando-se do critério do custo logístico total, a única informação DESNECESSÁRIA, dentre as abaixo relacionadas, é sobre

(A) a localização geográfica de clientes e fornecedores (B) o histórico da taxa de defeitos na produção das máquinas gargalo da fábrica atual (C) os custos de transporte (D) os históricos de demanda de clientes e de aquisição de matérias-primas (E) os custos de terreno e de manutenção da fábrica na nova localidade


COMENTÁRIO

Vamos lá à algumas teorias, primeiramente: Custos logísticos totais não se resumem apenas ao transporte, apesar desse ser o de maior impacto nesse custo. O custo logístico total se refere também ao custo de armazenagem, movimentação, manutenção de inventários e etc. Ou seja, tudo que mexer em um desses custos será importante nessa análise, mas vamos só ao que é método do centro de gravidade que a questão fala.

Método do centro de gravidade busca a melhor localização para a implantação de uma determinada estrutura, seja ela uma fábrica, uma estrutura de armazém ou um centro de distribuição e essa melhor localização é que minimiza os custos de transporte. Ou seja, no método do centro de gravidade nos procuraremos o melhor local perto de todos os locais onde precisaremos enviar/receber produtos/materiais. Ou seja, se temos dois clientes com o mesmo número de pedidos projetados a uma distância de 100km um do outro o ideal é ficar no meio do caminho, a 50km de cada. Essa seria a posição que minimizaria os custos de transporte. Caso sejam quantidades diferentes, a localização será uma média ponderada das coordenadas dadas. Não vou me estender muito, pois mais tarde terá questões específicas sobre esse método onde dará para exemplificar melhor. Mas é de bem simples entendimento com um exemplo prático.

A questão quer, dentre as opções, o que não é necessário ser levado em consideração para o estudo do método de centro de gravidade e dos custos logísticos totais.

(A) a localização geográfica de clientes e fornecedores – Essa é a principal informação para o método do centro de gravidade, afinal a nova instalação terá que ficar mais próximas de onde se tem mais movimentação. Localização geográfica de clientes e fornecedores é importantíssimo.

(B) o histórico da taxa de defeitos na produção das máquinas gargalo da fábrica atual – Histórico de defeitos de máquinas não é uma informação necessária para o método de centro de gravidade. Influencia algo em custo de armazenagem, movimentação ou transporte? Não. Influencia em velocidade de produção, custos de manutenção, ou seja, no CPV total, mas não diretamente nos custos logísticos totais. Essa é a resposta!

(C) os custos de transporte – O custo de transporte é importantíssimo para o método de centro de gravidade, afinal estamos tentando mantê-lo o menor possível.

(D) os históricos de demanda de clientes e de aquisição de matérias-primas – O histórico é um fator que serve para o planejamento, clientes e fornecedores com históricos de maior consumo/pedidos, tendem a continuar nessa situação, então para projetarmos temos que olhar para trás. E a demanda de clientes e fornecedores é importantíssima no método de centro de gravidade, afinal o centro de gravidade vai tender a ficar mais perto de onde a demanda é maior.

(E) os custos de terreno e de manutenção da fábrica na nova localidade – Isso obviamente tem de ser levado em consideração por um simples motivo. Não adianta a instalação estar em um ponto estratégico, logisticamente falando, mas esse ponto ser dentro de uma cidade onde os impostos são 50% maior do que em uma cidade vizinha, ou mesmo o valor do terreno. Então esses custos tem de sim serem levados em consideração para a escolha de uma nova localidade de fábrica.

RESPOSTA LETRA B  O nosso FACEBOOK


Posts recentes

Ver tudo