Questões de Concurso

Com a mudança de foco do site, foi alterador o serviço de hospedagem. Na migração dos posts de questão, pode ter acontecido algum problema, o principal que identifiquei foi a ordem das questões, que não estão mais seguindo a ordem das provas.

Tentarei aos poucos ir ajeitando isso. Mas todas as questões estão disponíveis, nenhuma foi deletada.

36. (CESGRANRIO – TRANSPETRO – ADMINISTRADOR/2006)

Dentre as estratégias utilizadas pelas empresas para a administração do capital de giro, identifica-se a chamada estratégia agressiva cuja característica é:

(A) aplicar todas as sobras de caixa em investimentos de elevadíssimo risco, visando a obter altas taxas de retorno. (B) captar recursos do mercado através de debêntures de curto prazo, exclusivamente, em detrimento do lançamento de novas ações. (C) financiar seus ativos permanentes, exclusivamente, com recursos próprios e os ativos monetários, através de operações de leasing. (D) financiar seus ativos monetários com recursos de longo prazo, devido à taxa de juros ser mais reduzida. (E) financiar suas necessidades sazonais com recursos de curto prazo e suas necessidades permanentes com recursos de longo prazo.

COMENTÁRIO

Primeiro o que é capital de giro: é o capital, o recurso necessário para manter a empresa em atividade, são os recursos para manter estoque, financiar clientes (vendas a prazo) e pagar fornecedor. Esse recursos garantem o bom funcionamento da empresa. É a parte do investimento que circula no ciclo operacional da empresa. Em alguns livros, principalmente de autores dos Estados Unidos, dizem que simplesmente Capital de Giro = Ativo circulante. Porém pelos autores brasileiros essa visão é considerada pobre (e de fato é), pois não leva em consideração como a empresa está financiando esse ativo. Por isso os autores brasileiros falam que Capital de Giro = (Patrimônio Líquido + Exigível a Longo Prazo) – (Ativo Permanente + Realizável a Longo Prazo). Esse conceito nos permite dizer que as operações envolvendo simplesmente o ativo e passivo circulante não interferem no capital de giro da empresa. Update: Esse trecho cortado, peguei de uma apostila que eu tinha aqui, mas acabei vendo que esse capital de giro pelos autores brasileiros, na verdade é o capital de giro líquido! Expliquei direitinho aqui: http://admcomentada.com.br/2011/11/24/24-cesgranrio-transpetro-administrador2011/

Não confundir esse conceito com Capital de Giro Líquido, que vem da diferença: AtivoCirculante – PassivoCirculante. Nos dando a parcela do ativo cirulante financiada por passivos de longo prazo (caso positivo) ou a deficiência de seu capital de giro, pois parte do passivo não tem como ser paga com recursos de curto prazo.

Existem estratégias para administração desse capital de giro, são 2: – Agressiva: Financiamento de necessidades sazonais fundos de curto prazo; e permanentes com financiamento de longo prazo. Alguns autores dizem que uma parte das necessidade permanentes também são financiadas com fundos de curto prazo.

– Moderada: Todas as necessidades da empresa serão financiadas com recursos de longo prazo.

Somente com os conceitos já da pra responder a questão.

RESPOSTA LETRA E

Ei galera, vi vários comentários daqui copiados em outros sites. Não me importo de jeito nenhum, só dê pra gente o crédito!! o/

Posts recentes

Ver tudo