Questões de Concurso

Com a mudança de foco do site, foi alterador o serviço de hospedagem. Na migração dos posts de questão, pode ter acontecido algum problema, o principal que identifiquei foi a ordem das questões, que não estão mais seguindo a ordem das provas.

Tentarei aos poucos ir ajeitando isso. Mas todas as questões estão disponíveis, nenhuma foi deletada.

35. (CESGRANRIO – PETROBRAS BIOCOMBUSTÍVEIS – ADMINISTRADOR/2010)

O Planejamento e Controle da Produção (PCP) é composto por etapas hierárquicas cujo objetivo é garantir que os recursos necessários para a produção estarão disponíveis no momento certo. Para isso, são elaborados planejamentos de nível estratégico, tático e operacional. Associe as características à esquerda com as etapas do PCP, que se encontram à direita.Características: I – Explosão de necessidades de materiais e componentes II – Planejamento de estoques e prazos de entrega dos produtos finais III – Planejamento de capacidade dos recursos críticos (gargalos) IV – Planejamento de produção e estoques por famílias de produtosEtapas do PCP P – SOP (Sales and Operations Planning) – Planejamento de Vendas e Operações Q – RCCP (Rough Cut Capacity Planning) – Planejamento Grosseiro de Capacidade R – MPS (Master Production Schedule) – Planejamento Mestre da Produção S – CRP (Capacity Requirements Planning) – Planejamento de Capacidade de Curto Prazo T – MRP (Material Requirements Planning) – Planejamento das Necessidades de Materiais

A associação correta é (A) I – T , II – R , III – Q , IV – P (B) I – R , II – T , III – Q , IV – S (C) I – R , II – T , III – S , IV – Q (D) I – R , II – T , III – P , IV – S (E) I – S , II – R , III – P , IV – T

Livros: – Administação da Produção e Operações – Norman Gaither e Greg Frazier – Administração da Produção – Stuart Chambers, Robert Johnston e Nigel Slack

Vamos primeiramente ver graficamente essa hierarquia. A mais detalhada que achei foi essa, em um artigo do site scielo. (aqui o link)

Está mais detalhada do que a de alguns livros que tenho em casa.

A figura é bem explicada e fácil de entender. Mas notem que toda e qualquer produção depende de um planejamente básico, o de vendas. Sem saber o que se pode ou consegue vender, não se saberá o quanto produzir. Já linkando com a questão, temos:

– Planejamento de Vendas e Operações: É o planejamenteo feito normalmente pelo setor de marketing/vendas da empresa que diz para a produção quantos es quais produtos já estão em carteira, ou seja, já tem comprador certo juntamente com a previsão de novas vendas. Esse planejamento é detalhado no nível de família de produtos e produtos específicos dando sempre quantidades e prazos para a entrega desses produtos. Assim, ele serve como dado do planejamento da capacidade de produção.

– Planejamento da capacidade de produção: Esse planejamento, como o próprio nome já nos diz, é o quanto a empresa pode produzir e ele pode ser subdividido de acordo com o prazo de produção: _ Planejamento da capacidade de longo prazo ou planejamento das necessidades das capacidades: São de longo prazo, conectados diretamente com os objetivos estratégicos da empresa. Normalmente, todas as fábricas planejam aumento de participação de mercado, consequentemente, de produção. Esse planejamento trata de preparar a fábrica a longo prazo para possibilitar o crescimento do jeito planejado. Trata também do planejamento de linha de produtos inteiras, por exemplo: quantos caminhões se quer produzir no longo prazo. Não detalha por família ou produto específico. _ Planejamento grosseiro da capacidade: Apesar de não estar na figura, é o planejamento das necessidades no médio prazo. Já se preocupa em famílias de produto, por exemplos, quantos Caminhões da série F a tem capacidade de fazer. Ele revisa o Planejamento Mestre de produção (ainda falaremos dele) para se certificar de que restrições óbvias de capacidade não irão exigir mudanças na programação. Inclui a verificação se as instalações fabris e de armazenagem (evitando gargalos de produção), os equipamentos e os trabalhadores estão disponíveis e se os fornecedores-chave alocaram a capacidade adequada para fornecer os materiais quando necessário. _ Planejamento da capacidade de curto prazo: É o planejamento voltado para o produto específico. Se volta para horas-homem-máquina necessários para cada produto específico, está intimamente ligado ao Planejamento das necessidades de Materiais (MRP).

– Planejamento mestre de produção (MPS): É a fase mais importante do PCP. É formado com base em diversas informações que interfiram na produção da empresa. As principais informações consideradas são: Carteira de pedidos; previsões de venda; demanda de empresa coligada. demenda de P&D; necessidades de exibições e promoções; necessidade de estoque de segurança; demanda de peças para reposição, níveis de estoque e restrições-chave da capacidade. Com isso, o MPS consegue calcular quanto e quando cada produto deve passar pela linha de produção da empresa.

– Planejamento das necessidades de materiais (MRP): Talvez o mais cobrado em provas. Ele planeja os estoque de materiais e produtos necessários para fabricação para que a produção não pare por falta de matéria-prima. Para isso, ele leva em consideração diversas variáveis: Lista de componentes (explosão do produto em seus componentes, como uma “receita de bolo”), as quantidades vindas do MPS, registro de estoques, o lead-time (tempo de reposição) dos fornecedores e até informações sobre os lotes econômicos de compras.

Detalhei aqui somente os que falava na questão, pois se fosse resumir todos, iria digitar um livro aqui.

RESPOSTA LETRA A


Posts recentes

Ver tudo