Questões de Concurso

Com a mudança de foco do site, foi alterador o serviço de hospedagem. Na migração dos posts de questão, pode ter acontecido algum problema, o principal que identifiquei foi a ordem das questões, que não estão mais seguindo a ordem das provas.

Tentarei aos poucos ir ajeitando isso. Mas todas as questões estão disponíveis, nenhuma foi deletada.

25. (CESGRANRIO – PETROBRAS – ADMINISTRADOR/2011)

No processo de planejamento estratégico, é necessário levar em consideração as forças macroambientais. Nessa perspectiva, associe as forças macroambientais à esquerda às variáveis a serem analisadas, expostas à direita.Forças MacroambientaisVariáveisI – Sociais II – EconômicasP – Desemprego Q – Expectativa de vida R – Diversidade de gênero no trabalho S – Renda disponível T – Câmbio e Inflação.III(A)P,Q,RS, T(B)P,QR,S,T(C)Q,RP,S,T(D)R,SP,Q,T(E)S,TP,Q,R



COMENTÁRIO:

Essa questão era, relativamente, fácil. A casca de banana foi na questão do desemprego, mas vamos com calma, um passo de cada vez. Tudo será explicado!

Deixemos para aprofundar em Planejamento estratégico como um todo em outra ocasião, por ser uma matéria bastante extensa. Nessa questão só era necessário conhecimento nas forças Macroambientais e no que elas refletem, pois bem:

O macroambiente  é composto por forças indiretamente ligados à empresa. Não que sua alteração não vá fazer diferença na empresa, muito pelo contrário, mas, comparado ao microambiente, ele é bem menos controlável e bem mais independente de uma empresa. Uma empresa pode, dependendo de sua força, mexer nas forças microambientais (fornecedores, empresas do canal de marketing, mercados de clientes, concorrentes, públicos e a própria empresa), mas dificilmente as forças macroambeintais se modificarão por uma empresa. Compõem o cenário macroambiental:

– Ambiente demográfico ou força demográfica: Esse se caracteriza pelo ambiente mais importante e de maior impacto para as empresas, por isso ambiente de maior alvo em estudos, ele engloba: Crescimento da população mundial, composição etária da população, mercador por etnia, grau de instrução, padrões familiares, movimentação geográficas da população.

– Ambiente econômico ou força econômica: Fatores que afetam o poder de compra da população, o que depende da renda, preços, poupanças, endividamento e da disponibilidade de crédito.

– Ambiente social ou sociocultural: A sociedade molda crenças, valores, normas, hábitos, que definem, também como o dinheiro será gasto.

– Ambiente natural ou físico natural: Recursos naturais utilizados. É a disponibilidade desses recursos, sejam eles a água, a energia, matérias-primas, ou situações e desastres ligados à natureza como poluição, terremotos entre outros.

– Ambiente tecnológico: O nome já diz tudo, a tecnologia disponível no mercado. Com a tecnologia é possível criar maravilhas como remédios e horrores como bombas. Tecnologias criam mercados, mas também substituem tecnologias anteriores, como o exemplo do CD que acabou com a indústria do vinil.

– Ambiente político-legal: Leis, normas, decretos, acordos sindicais, enfim, toda e qualquer força que venha do governo.

Depois desse breve resumo, vamos analisar caso a caso na questão, encaixando em Força Social ou Econômica.

P – DESEMPREGO: Algumas pessoas, talvez influenciada pela mídia que vive dizendo que o desemprego é culpa da educação de má qualidade, portanto ligado à fatores sociais, acabaram colocando desemprego como Força Social. Porém postos de trabalho dependem, intimamente, da produção e da situação econômica das empresas do país. A cadeia é: mais dinheiro, mais consumo, mais produção, mais emprego. Não viajem na maionese, o raciocínio é assim. Dizer que a culpa do desemprego está na educação ou em outro fator social não é mais discussão administrativa e sim política. Portanto, desemprego é Força Econômica (II).

Q – EXPECTATIVA DE VIDA: Está intimamente ligada aos hábitos e costumes de uma população, seja nos hábitos alimentares ou de sedentarismo. Os hábitos que influenciam a expectativa de vida. Portanto hábito é Força Social (I).

R – DIVERSIDADE DE GÊNERO NO TRABALHO: Questão de igualdade entre os sexos no mercado de trabalho. Também, notavelmente, relacionada aos hábitos de uma população. Força Social (I).

S – RENDA DISPONÍVEL: Renda facilmente nos remete à economia, inclusive foi citada na explicação acima, portanto Força Econômica (II).

T – CAMBIO E INFLAÇÃO: Não temos nem como associar câmbio e inflação à questões de hábito e, logicamente, faz partes da variáveis econômicas de um país. Portanto Força Econômica (II).

RESPOSTA LETRA C

#QuestõesComentadas #CESGRANRIO #Concurseiros #AdministraçãoCometada #NívelSuperior #Concursos #Administração

Posts recentes

Ver tudo