Questões de Concurso

Com a mudança de foco do site, foi alterador o serviço de hospedagem. Na migração dos posts de questão, pode ter acontecido algum problema, o principal que identifiquei foi a ordem das questões, que não estão mais seguindo a ordem das provas.

Tentarei aos poucos ir ajeitando isso. Mas todas as questões estão disponíveis, nenhuma foi deletada.

23. (CESGRANRIO – PETROBRAS – ADMINISTRADOR/2011)

O gerente de Tecnologia da Informação de uma empresa percebeu um conflito que está impactando os resultados de sua área nas entregas das demandas de desenvolvimento junto a determinados clientes internos. Após consultar a equipe de gestão de pessoas, o gerente decidiu ser assertivo, discutindo abertamente sobre os problemas, erros e acertos que merecem atenção, de forma a garantir o envolvimento das partes com a solução identificada conjuntamente.

Esse tipo de administração de conflitos diz respeito a um estilo de

(A) confrontação. (B) cooptação. (C) compromisso. (D) acomodação. (E) colaboração.


COMENTÁRIO:

A questão faz menção aos estilos de administração de conflitos, porém, antes faremos uma explanação geral sobre o tema administração de conflitos.

Conflitos ocorrem qualquer hora e qualquer lugar e por motivos diferentes. Havia, antigamente, uma primeira corrente que dizia que conflito era prejudicial e sempre teria de ser evitado. Depois, na escola de relações humanas, o conflito foi descrito como inevitável e natural, até que, hoje, passou a ser considerado indispensável para um desempenho eficaz de um grupo ou equipe de trabalho. Obviamente, uns conflitos até certo ponto não exagerem.

O conflito existe quando uma das partes – individuo ou grupo – tenta alcançar seus próprios objetivos interligados com alguma outra parte e esta interfere na primeira. A interferência pode ser ativa (provocando obstáculos) ou passiva (mediante omissão).

Os conflitos podem ser:

– Interno: Quando ocorrem dentro de uma pessoa em relação a sentimentos. Por exemplo, uma pessoa que gosta muito de trabalhar em uma empresa, por causa do prestígio e do dinheiro, mas não gosta por causa do patrão. Esse tipo de conflito pode afetar no processo decisório da pessoa.

– Externo: Conflito social. Entre duas pessoas ou dois grupos de pessoas.

Existem 3 níveis de conflito:

– Conflito percebido: É o conflito latente. É uma espécie de conflito potencial. É como popularmente se chama de “meu santo não bateu com o dele”.

– Conflito experenciado: É o conflito velado, oculto, dissimulado. Não manifestado com clareza. É quando existem, aqui e ali, uma resposta “atravessada”, uma “fofoquinha” colocando o outro para baixo.

– Conflito manifesto: Conflito expresso e manifestado pelo comportamento. Conflito aberto, manifestado sem dissimulação. É quando se coloca, no popular, “os cachorros para fora” ou “para voar as bandas”.

Tendo os tipos de conflito, existem também 3 abordagens de conflito:

– Abordagem estrutural: Baseia-se no fato de que o conflito surge das percepções criadas pelas condições da diferenciação, de recursos limitados e escassos e de interdependência entre as partes. A abordagem estrutural tenta igualar ou aproximar os objetivos das partes conflitantes para, oferecendo, por exemplo, recompensas por objetivos alcançados em comum.

– Abordagem do processo: É a abordagem que procura reduzir os conflitos por meio da modificação do processo, ou seja, de uma intervenção no episódio do conflito. Pode ser utilizada por uma das partes em conflito, por pessoas de fora ou porá uma terceira parte, como um consultor ou um gerente neutro. Pode ser realizada de três maneiras: por desativação ou desescalonização, quando uma parte age cooperativamente, em vez de agressivamente, ao comportamento da outra; por confrontação entre as parte, em uma reunião por exemplo; e colaboração, as partes trabalhando juntas, com o mesmo objetivo.

– Abordagem mista: Inclui soluções sobre as partes estruturais e sobre o episódio conflitivo. Como o próprio nome já diz.

Após essa pequena introdução em gestão de conflitos, vamos ao que a questão realmente pedia os estilos de questão de conflitos, que são 5: (Gráfico didático para ajudar na memorização).


1. Estilo competitivo: Reflete a assertividade para impor o seu próprio interesse e é utilizado quando uma ação pronta e decisiva deve ser rapidamente imposta com ações importante ou impopulares, durante as quais a urgência ou emergência se torna necessária ou indispensável.

2. Estilo de evitação: Reflete uma postura não assertiva, nem cooperativa e é apropriado quando o assunto é trivial, quando não existe nenhuma possibilidade de ganhar, quando uma demora para obter maior informação se torna oneroso.

3. Estilo de compromisso: Reflete uma moderada porção de assertividade e de cooperação. É apropriado quando os objetivos de ambos os lados são igualmente importantes, quando ambos os lados tem igual poder ou quando precisam chegar a uma solução temporária, sem pressão de tempo.

4. Estilo acomodação: Alto grau de cooperação e funciona melhor quando as pessoas sabem o que é errado, quando um assunto é mais importante que outros para cada lado, quando se pretender construir créditos sociais ou quando manter a harmonia é mais importante.

5. Estilo de colaboração: Reflete alto grau de assertividade e de cooperação. Habilita ambas as partes a ganhar. Importante quando os objetivos de ambos os lados são importantes e quando os dois pontos de vistas podem se unir em algo bem maior.

A questão fala em garantir o envolvimento das partes com a solução identificada conjuntamente, ou seja, onde todos saem ganhando. Estilo de colaboração.

RESPOSTA LETRA E

(Resposta atualizada em 16/03/2016)

#QuestõesComentadas #CESGRANRIO #Concurseiros #AdministraçãoCometada #NívelSuperior #Concursos #Administração

Posts recentes

Ver tudo